Teste do Hidrogênio Expirado

O que é?

Teste respiratório de hidrogênio é a mais avançada solução para o diagnóstico de intolerâncias alimentares.

Ele utiliza a medida do hidrogênio na respiração para diagnosticar várias condições que originam sintomas gastrointestinais.

Em humanos, somente as bactérias colônicas são capazes de produzir hidrogênio, quando estão expostas a alimentos não digeridos absorvidos pelo organismo, especialmente açúcares e carboidratos, tais como o açúcar do leite (lactose) ou açúcar de frutas (frutose).

Grande quantidade de hidrogênio também pode ser produzida quando as bactérias do colón se movimentam para o intestino delgado, uma condição chamada de supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SCBID).

Nesta situação, as bactérias estão expostas ao alimento que não teve ainda a chance de atravessar completamente o intestino delgado e ter, então, uma digestão e absorção completa.

A mensuração do hidrogênio exalado pode ajudar a determinar se o paciente é intolerante a alguns açúcares.

Indicações

As principais indicações para a realização do Teste do Hidrogênio Expirado são: síndrome de má absorção, diarreia crônica, síndrome do intestino irritável e intolerância aos carboidratos.

Agende o seu procedimento na Wescope.

Agendar agora

Princípios do Teste Hidrogênio Expirado

O gás Hidrogênio do corpo é produzido a partir das bactérias intestinais, através da fermentação de carboidratos, como lactulose, lactose. Moléculas de Hidrogênio produzidas pelas bactérias são absorvidas pela mucosa intestinal, através dos vasos sanguíneos e são transportadas para os pulmões. O Hidrogênio é então exalado pelos pulmões pela respiração normal e é coletado para análise pelo aparelho. O teste pode levar até 180 minutos a depender da intolerância investigada e do tempo de trânsito intestinal do paciente.

Na intolerância à lactose, o indivíduo tem uma deficiência de lactase, a enzima que quebra a lactose. Normalmente, é digerida no intestino pela lactase. No teste da intolerância à lactose (deficiência de lactase), o aparecimento de Hidrogênio na respiração após sua ingestão traduz a incapacidade de digerir por vias metabólicas normais, sugerindo fortemente o diagnóstico de intolerância a lactose.

Preparo para o teste

  • Quatro semanas antes de seu teste, o paciente não deve tomar qualquer tipo de antibiótico.
  • Uma semana antes do teste, não fazer uso de qualquer medicação laxativa, nem deve ter sido submetido a qualquer teste que exija a limpeza do intestino, tais como colonoscopia ou enema baritado.
  • No dia anterior ao teste, o paciente pode consumir apenas os seguintes alimentos e bebidas: pão branco simples, arroz branco, batatas lisas, frango assado, grelhados ou peixe, água não flavorizada, café preto ou chá. Só use sal para dar sabor a comida.
  • Manteiga ou margarina não são permitidas. Não são permitidas bebidas refrigerantes/Coca-Cola. Evite feijão, massas, cereais de fibra, alimentos com elevados teores de fibra. Na noite anterior ao teste, jante mais cedo, arroz e carne somente.
  • O paciente deve parar de comer e beber (jejum total)12 horas antes do teste.
  • O paciente pode continuar a tomar seus medicamentos de prescrição habitual com água até 12 horas antes do teste.
  • Não tomar medicação na manhã do teste.
  • Levar todos os medicamentos de prescrição para a consulta.
  • Se o paciente é diabético e requer insulina ou comprimidos diabéticos, deverá ser orientado pelo seu médico se sua dose da manhã deve ser alterada. Medicamentos hipoglicemiantes orais são geralmente tomados só após a conclusão do teste e só na retomada das refeições.
  • Duas horas antes do teste, escove os dentes.
  • Durante o teste não comer, beber, mascar chiclete, fumar, chupar pastilhas ou comer balas ou bombons; também não é permitido dormir ou exercer atividades físicas enquanto o teste está sendo realizado.

Como o teste é realizado?

  • Uma amostra de respiração ar expirado será coleta em um pequeno aparelho, similar a um bafômetro.
  • A seguir, uma solução contendo o substrato a ser avaliado no teste (como a lactose, lactulose ou frutose) será oferecida ao paciente, que deverá beber todo o volume.
  • Amostras de ar expirado serão coletadas a cada 15 ou 30 minutos.
  • Durante o teste, o paciente deve anotar seus sintomas e informar ao técnico se tem os sintomas típicos para os quais o teste está sendo executado.
  • O ideal é que esteja em ambiente calmo, sem preocupações, tipo ligações telefônicas, vídeo games, etc.
  • Quando o teste terminar, geralmente após duas ou quatro horas, o paciente pode retornar à sua dieta habitual e atividade.