Cápsula Endoscópica

O que é Cápsula Endoscópica

A Cápsula Endoscópica é uma microcâmera filmadora totalmente deglutível e descartável. Depois de ingerida, a capsula percorre todo trato gastrointestinal da boca ao ânus, tirando milhares de fotos, formando um “filme” pelo um sistema de captação, que é um colete que o paciente veste, antes de ingerir a cápsula. As imagens captadas pelo colete receptor após o termino do exame são passadas para um computador que as transforma um arquivo a ser visto e interpretado pelo seu médico endoscopista num programa específico para isso. O tamanho da cápsula é de cerca de 11mm, com diâmetro de 8 mm; o tamanho de uma drágea de vitamina, e, portanto, passível de ser engolida.

Quais são as indicações do exame com Cápsula Endoscópica?

A principal indicação é o sangramento intestinal oculto, cuja causa não foi detectada pelos exames endoscópicos convencionais, como a endoscopia ou colonoscopia. Outras indicações são: a anemia de origem desconhecida, tumores do intestino delgado, dores abdominais de origem desconhecida, doença inflamatória intestinal, pólipos intestinais e finalmente para um “check-up” digestivo em pessoas com risco alto para doenças intestinais.

Agende o seu procedimento na Wescope.

Agendar agora

Como o exame é realizado?

A cápsula permite analisar o esôfago, estômago, duodeno, todo intestino delgado, e se houver interesse, todo intestino grosso ou colón, a depender do preparo do intestino.

Durante este exame, após ingerir a cápsula, você poderá se mover livremente, e fazer seus afazeres habituais. Enquanto a cápsula caminha pelo seu intestino, vai transmitindo as imagens para o colete captador. Poderá comer normalmente, cerca de 4 horas após a ingestão da cápsula, a menos que seu médico recomende o contrário.

O exame termina cerca de 10 horas após ingerir a cápsula. Depois estas imagens são vistas e analisadas pelo computador do médico especialista. O paciente normalmente evacua a cápsula após aproximadamente doze horas, sem causar nenhum tipo de dor ou desconforto.

A cápsula não precisa ser coletada e pode ser descartada na descarga. Se a pessoa não notar que a cápsula foi expelida, é possível que o médico faça uma radiografia ou um exame de tomografia computadorizada para ver se ela ainda se encontra no trato digestivo.

Em casos raros, a cápsula pode ficar presa no trato digestivo, e possivelmente o médico precisará realizar uma endoscopia ou cirurgia para removê-la.

Como é feito o preparo para este exame?

Antes do exame você receberá todas as instruções necessárias. Há necessidade de se manter um jejum de algumas horas antes de ingerir a cápsula para que se criem melhores condições de visualização. Desta forma recomenda-se uma dieta líquida após o almoço do dia que antecede o exame, e não se deve comer nem beber nada pelo menos 10 horas antes de engolir a cápsula.

Informe sempre seu médico se toma alguma medicação, para que este faça as recomendações necessárias. Informe também se usa marcapasso, ou se já realizou alguma intervenção cirúrgica, se tem problemas para engolir, ou se já teve algum quadro de obstrução intestinal.

Quais são as possíveis complicações do exame com Cápsula Endoscópica?

Embora possa haver inconvenientes ou complicações, estas são muito raras, quando o exame é realizado por profissional treinado e competente. Um possível risco seria a retenção da cápsula, ou seja, a cápsula não ser eliminada.

É importante que se reconheçam os sinais precoces desta eventual complicação, como febre, engasgos, dor torácica ou no peito ou dor abdominal de intensidade progressiva.

Caso sinta algum desses sintomas, é muito importante nos avisar o mais rápido possível, para darmos as devidas orientações.